Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Cepa sul-africana do coronavírus é mais perigosa que a britânica

A cepa sul-africana está sendo considerada mais perigosa do que a britânica. Assim, o ministro da saúde do Reino Unido se diz muito preocupado. Porque, a variante achada na África do Sul pode ser mais grave.

Devido a isso, os voos vindos do país africano foram limitados. Além disso, parece que os cientistas não estão muito certos sobre os produtos atuais. Por exemplo, em relação à eficácia da vacina contra essa cepa sul-africana.

Para saber mais sobre essa mutação vinda da África do Sul, acompanhe o artigo. Desse modo, conheça as últimas informações sobre ela. 

A vacina e a nova variante da África do Sul

Diversas campanhas de vacinação já tiveram início em várias partes do mundo. Contudo, o perigo continua. Porque, variações do vírus são esperadas durante o processo de infecção nos pacientes. 

Mas algumas mutações do vírus têm deixado os cientistas em alerta. Inclusive, a variante encontrada na África do Sul em 2020. De acordo com pesquisas, ela tem mais facilidade em contaminar a população. Logo, é preciso muita atenção.

A preocupação do ministro britânico é que os imunizantes não funcionem contra essa cepa sul-africana. Por outro lado, as vacinas devem combater a mutação encontrada no Reino Unido.

Os cientistas já estão testando as vacinas na linhagem africana. Portanto, se for preciso fazer alguma alteração, realiza-se em até dois meses. Assim, obtendo os resultados necessários.

Saiba mais sobre a cepa sul-africana

Os pesquisadores afirmam que a mutação da África do Sul tem diversas variações. Aliás, no importante gene S, ou Spike. Ou seja, proteína que o vírus utiliza para contaminar as células.

Além disso, ela também está ligada a uma carga viral maior. Portanto, ela tem mais partículas do coronavírus. Desse modo, a transmissão tende a ser bem superior.

Vacina está sendo usada em outra variante

Um dos responsáveis pela imunização no Reino Unido, fez uma declaração no último domingo (3). Assim, ele revelou que acreditava que as vacinas iriam funcionar na  nova cepa

Porém, quanto à cepa sul-africana do Covid-19 havia muitas dúvidas sobre a reação as vacinas. Por outro lado, a BioNTech avaliou que seu produto pode ter a capacidade de neutralizar a variação.

A vacina da Pfizer/ BioNTech estimula o sistema de defesa para combater o Covid-19. Dessa forma, a empresa já está aplicando sua vacina. Portanto, logo divulga-se os resultados.

Em caso de mutações muito graves, ajustes acontecem. No entanto, essa medida necessita de aprovações dos órgãos reguladores.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.